6.10.07

Em Só Uma Semana...

Muita coisa acontece em uma semana.
Mas o que me aconteceu nessa, vai ficar guardado pra sempre.
É, desde o começo do semestre já estávamos avisados sobre essa viagem de campo na primeira semana de outubro.
Ficamos naquela expectativa. Ansiedade, doentia mesmo. Sobre o que veríamos, o que faríamos e como seriam nossas festinhas de campo, claro.
Bom, na segunda vimos alguns afloramentos rochosos na estrada. Não foi algo extraordinário, apenas interessante. Mas na terça já vimos que essa viagem seria A Viagem.
Chegamos em Campos do Jordão, um frio aterrador mas tudo bem, era um dos pontos mais esperados. E era aquele frio que nos fazia lembrar que realmente estávamos em Campos Do Jordão.
No dia seguinte, fomos pra um parque chamado de Pedra do Baú. Fomos pela trilha da pedra do bauzinho e tiramos muitas fotos. Eu, pelo menos, fiquei maravilhado com aquela vista.
Me senti um nada, e ao mesmo tempo me senti um gigante sobre todas aquelas nuvens.
Uma sensação muito boa, e ao mesmo tempo muito estranha. Aquele momento lá em cima parece ter acendido algo dentro da galera, algo do tipo: "O que estou fazendo aqui emcima?" ou então "Que sorte eu tenho de fazer um curso desses" e no meu caso: "Se estamos aqui no terceiro dia, imagine o que está por vir".
Quarto dia: o esperado litoral paulista. Chegamos à costa e a vista lá de cima daquelas serras é indescritível. Chegamos à pousada e vamos dormir, mal conseguindo esperar para ir ao mar no dia seguinte.
E o dia seguinte chega e vamos pelas praias de Ubatuba, vendo as praias de um ponto de vista geomorfológico e as interações entre o mar e o continente, os mangues, grutas e tal.
Na sexta feira, fomos para a Ilha de Anchieta, de barco, óbvio. Eu não me senti muito bem no barco mas dizem que o passeio foi muito legal. A ilha também, sem comentários, só com fotos mesmo. Curtimos muito as praias de lá e também o antigo presídio da ilha. =P
Pra terminar nossas última noite de viagem, uma festinha pra ninguém botar defeito.
Sábado, último dia, fomos basicamente ver um pouco dos sedimentos da praia e depois emendamos até o almoço naquela bela praia de violentas ondas de Ubatuba. E o pior de tudo é que eu já estava todo morto de nadar a semana inteira... as ondas me levavam arrastando de um lado para outro. Me senti como um sedimento sendo depositado xD.
Pois é, sete dias e uma viagem incrível mesmo. Das montanhas ao mar, de um ao frio de Camposcalor na estrada... É incrível isso, a única palavra que encontro pra isso: Íncrivel.
Como nada dura pra sempre, a viagem de campo acabou =[
Mas com a quantidade de fotos tiradas por todo mundo, da pra eu postar muitas aki e no fotolog hehehe.
Bom é isso...
Ah e da próxima vez que pegarem a estrada prestem atenção nos afloramentos de rochas que se vêem no caminho e na ocupação humana nas zonas de movimento de massa nos morros, é incrível... xD