15.1.09

Dos Quadrinhos...

Ano novo, as coisas mudam, ou ao menos as mudanças são exaltadas.
Pra entrar no clima de mudança, mudei algumas cores e fontes no blog, nada muito radical.

Pra primeira postagem do ano, quero recortar uma passagem de uma das últimas histórias de X-Men. Quadrinhos são muito mais que simplesmente quadrinhos, pra mim já fazem parte de minha vida e não tem como eu me livrar deles, não mais! xD
Bom, aí vai uma pequena história que Wanda conta para o Fera na última edição de "Espécie em Extinção". É um conto que Wanda descreve, no maior estilo de fábula misteriosa.
Afinal, quanto se deve correr atrás de algo que parece desmoronar, e qual o momento certo de declarar todo seu esforço uma causa em vão?




""Certa manhã, um pescador foi de barco bem mais longe do que o de costume, e jogou a rede em um lugar novo. Não dava mais pra ver a terra firme, e ele estava com um pouco de medo. As pessoas disseram que coisas estranhas nadavam naquelas águas. Elas estavam certas. Quando o pescador puxou a rede para dentro do barco, uma criatura estava enroscada junto aos peixes.
Metade mulher, metade peixe.
A sereia chorou, pedindo para ser solta... Prometendo realizar todos os desejos do pescador. "Este pente no meu cabelo é mágico... e vai realizar três desejos."
O homem concordou e soltou a sereia. Depois voltou pra casa e mostrou para a mulher... que não ficou nada impressionada.
"Seu burro! Se tivesse trazido a sereia, poderíamos cobrar de cada um que quisesse vê-la... E faríamos uma fortuna em poucos dias!! Mas o que você fez? Trouxe um brinquedo! Um enfeite! Só pode ser o homem mais imbecil do mundo!"
"Você é uma bruxa"
, respondeu o homem irritado, "Só gosta de brigar comigo e me espezinhar, mulher! Se não vê minhas qualidades, eu queria que você não tivesse olhos!"
O pente mágico brilhou e o pescador se deu conta de que tinha falado demais. Mas as palavras já tinham saído... e não poderiam ser desditas.
A mulher ficou cega na hora. O rosto, liso no lugar dos olhos. Furiosa com o marido, ela pegou o pente mágico.
"Se é pra eu ficar cega, quero que você ganhe mil olhos... pra enxergar sua burrice noite e dia!"
E assim nasceram olhos em todo o corpo do pescador: mãos, braços, pernas, peito... Ele virou um monstro, ainda mais feio que a mulher.
Os dois sentaram na cozinha e discutiram sobre de quem seria a culpa. Um acusou o outro sem parar... por muito tempo. Mas os dois não tinham escolha.
No final, o pescador usou o pente mágico pela terceira vez.
"Eu quero que nós voltemos a ter quatro olhos!"

O pedido foi atendido... de certa forma. A mulher recuperou seus dois olhos normais e um terceiro surgira no meio de sua testa, enquanto o homem ficara com um único e enorme olho acima do nariz, como um ciclope.
No dia seguinte, ele remou até alto-mar e devolveu o pente à sereia.
"Se estiver interessado, também tenho um brinco mágico, senhor", disse a sereia sorrindo.
Mas o pescador estava farto daquela brincadeira..."

"Sobre o que está me avisando, Wanda? Que não devo perguntar quem você realmente é?" "Quem sou eu? Uma mulher que o senhor conheceu num café. Não te conheço, nunca visitei teu país... e provavelmente nunca vou visitar. Mas as pessoas têm um certo brilho nos olhos quando estão procurando sinais.
Quando tentam criar coragem pra fazer algo que, no fundo, sabem que é errado. O senhor tem esse olhar.
Então sim... É possível ter o desejo realizado e a situação ficar pior do que antes.""

Muito foda! xP
Fazia tempo que não ficava tão empolgado lendo quadrinhos...
É muito coisa de nerd, mas não to nem aí! hahaha
Nessa passagem da história dá pra perceber muito o desespero do Hank com os mutantes acabando e talz. E a Wanda na dela, enigmática.

Essa última saga do Fera dá muito pano pra manga pensar.

Até onde você iria atrás dos seus objetivos?
Ultrapassaria seus limites morais?
E no caso de Hank, os limites científicos?
E ainda, como se certificaria que deve mesmo "consertar" o problema?
Aquilo pode ter acontecido porque TINHA que acontecer, não pode?

Estava "escrito" ou coisa parecida?

Não é uma questão de história de quadrinhos apenas, tem muito mais do que apenas superpoderes e lutas heróicas nessas histórias.
E ainda bem que consigo perceber isso.

Foi uma bela história, e perfeita pra esperar pela próxima saga: "Complexo de Messias".
Atémais!