5.4.10

Catching The Butterfly...

"E eu vou continuar capturando aquela borboleta daqueles sonhos meus,
daqueles meus sonhos lúcidos." [Catching the Butterfly - The Verve]

O mais estranho é que quando nem mesmo meus sonhos mais lúcidos ou momentos mais realistas conseguem me manter acordado é porque devo correr na direção oposta.

Mas o mais bizarro depois disso é que não quero correr na direção oposta.
Quero sentir o ar na queda do precipício.
Correr, empurrado pela força da gravidade, com destino à um só chão.

Correndo atrás daquela borboleta, daqueles sonhos meus...
Mesmo com aqueles inúmeros avisos e conselhos para não perseguir uma borboleta, pois se você tiver paciência, uma hora ou outra ela pousa em você.

Acredita?

8 comentários:

Amanda disse...

tadinha da borboleta......dexa ela em paz.....

hahahah

é um dia ela pousa em vc.....(profundissimo)

R@mon_Vitor disse...

Olha, não corre atrás pra mim é loucura, é díficil... Prefiro e correndo atrás dessas borboletas que eu nunca alcançam... mas mesmo assim. são meus sonhos... ou nao?

Luiza Frazão disse...

Não era para a gente ter um jardim que a borboleta viria? Agora vc me deu um nó na cabeça...
Devo ter esperanças? rs

Katherine disse...

Acho que devemos correr atrás da borboleta sim, eu sei que às vezes ele voa quando estamos chegando perto, mas valerá a pena um dia...

Pi** disse...

acredito... :S
e nem imaginas como..
é daquelas coisas que não consigo evitar...
é tão mais giro correr atras dela..

Mary disse...

A vida sem sonhos não é vida...

Mary disse...

Ivan, vou postar este texto no meu blog, se não aceitar me diz que excluo.. beijos

Anônimo disse...

Please see! Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

Importante please pass forward