17.7.07

Pensamentos Noturnos

Ontem, como de costume demorei a pegar no sono. Maldita seja essa insônia que me persegue há não sei quanto tempo... E ficar acordado é deixar o pensamento voar...

Olho pro relógio, acho que já era perto de 2horas e nada de dormir.
Lá fora chove.
Pô, primeira semana de férias nos recebe com chuva... nada mais animador.

Da janela do quarto posso ver outros prédios e com alguma surpresa algumas janelas acesas como a minha. De repente não me sinto tão injustiçado, só mais um no mundo... não que isso seja tão melhor, mas já ajuda...

"Aquela noite que eu te conheci, eu acho que nunca vou esquecer", não sei porque me lembrei dessa música. À noite acho que fico mais bobo sei lá... Mas é isso, enquanto estou aqui tentando dormir, deve ter muita gente em alguma festa agora mesmo, gente se encontrando, se conhecendo, ou então muita gente nesse exato momento chorando, ou então pulando de alegria...

É, somos um nada diante do mundo. Como um anime me mostrou uma vez: "Um é tudo, e tudo é Um"... Somos todos partes de um mundo que não seria o mesmo sem nós, mas que não deixaria de ser o mundo se não estivéssemos aqui.

É confuso, como tudo que escrevo aqui, mas talvez alguém entenda...
É só olhar pra si mesmo que podemos ver que tirando aquilo que nos prende ao chão, somos todos iguais... e como um amigo me disse: "se conseguirmos nos livrar do que nos prende, aí então poderemos voar".