19.3.10

À Mercê Da Realidade

Existe algo que todos querem.
Algo que apenas o outro pode te oferecer. Algo que você não pode alcançar sozinho.
Alguns não sabem o que é isso. Outros nem se importam e vivem felizes sem essa necessidade. Já outros conhecem e o têm na mais alta estima, enquanto alguns conhecem, mas não o possuem.

Pior do que não saber, é conhecer e não ter chance de conseguir.
Pior do que conhecer, é saber que nunca se alcançará.
Quando os desavisados encontram o outro que pode lhe oferecer o presente máximo dessa existência, é preciso refletir e perceber que se trata de um momento único dessa vida.
Do mesmo modo, encarar a realidade de algo impossível também é algo único dessa vida. Algo infeliz, mas necessário e tremendamente real.


Todos estamos à mercê dessa realidade.
E a realidade esmaga à tudo e à todos. Sempre.
Pra se abrigar desse ataque massivo é preciso coragem suficiente para reconhecer as próprias fraquezas e qualidades.
Saber a diferença da hora de correr e a hora de fugir.
A diferença entre estar certo e se arriscar pelos outros.
A diferença entre ser covarde e agir com o coração.

Se não entendeu nada do que eu disse, não se preocupe:
Um dia, a realidade ainda te fará sentir de um jeito semelhante.

5 comentários:

Rafa disse...

Quem diria que dois anos depois você estaria se sentindo assim hein? Espero que dê tudo certo.

R@mon_Vitor disse...

O que mais me impressiona na sua escrita são os sentimentos. Você passa uma força no que sente. Parabéns. O caminho é esse.

Ковёр-самолёт disse...

a realidade, assim como o tempo, só existe para aqueles que podem percebê-los.
isso tudo que vc falou, não existiria se nós mesmos não existíssemos. a essência dessa realidade somos nós mesmos.

Ju disse...

a realidade nos molda a medida q permitims...

adorei o post...

bjsss

Ju Miranda

Amanda disse...

ah nem falo nd....esse povo escreve muito bonito....