6.3.09

Paranoid Feeling

Deitar a cabeça no travesseiro,
ver a lua entrando pela janela

enquanto o vento continua soprando com a voz que você deseja ouvir.

Risadas ecoam solitárias e melancólicas,
convidando ao tentador caminho lá fora,
mas nada pode levantar teu corpo inerte que jaz sobre a cama.

Algo espreita pelo caminho que sai de meu coração,
algo me espera,
observa,
mas não existe a certeza sobre o que é,

ou quem seja,
ou de quando surgirá, clara, aos meus olhos.

A única certeza é uma névoa que cobre o caminho,
o vazio que guia teus passos e a luz que levo nas mãos.
A dúvida é a certeza,
mas a marca existe e pode significar algo.


Talvez ela não seja nada, apenas um nada
no qual insisto em querer visualizar desventuras irreais.
Ou talvez tal marca seja um sinal
de que o caminho não seja apenas um caminho,
mas sim o reflexo de uma obra tão perfeita
que olhos mortais não possam contemplar.

3 comentários:

Rafa' disse...

Caara!!!! Como disse! Ficou mega hiper blaster foda! Gostei muito mesmo, principalmente a estrofe final. Conseguiu traduzir perfeitamento em belos versos esse sentimento paranóico.

Abraços

C.Cardozo disse...

mew, eu adoro os teus textos, mas esse tu te superou *--*
mto bom meesmo

abraço, camila cardozo.

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,